Sabes como é a vida no campo?

Olá!
É a primeira vez que vens a este blog?
Então, se já sabes ler este blog é para explorares e recordares conhecimentos ou aprenderes mais um pouco.
Se ainda não sabes ler não te preocupes, o blog também é para ti, apenas precisas de alguém que saiba ler para te ajudar e ficares a saber um pouco mais sobre o mundo que te rodeia.

Conto contigo para leres e dares a tua opinião.

Publicado em O mundo em geral | Publicar um comentário

Enterro do Galo

Tal como te disse ontem, cá estou hoje para te falar sobre a noite de carnaval na cidade da Guarda, ou seja, o “Julgamento e Morte do Galo do Entrudo”.

JulgamentoDoGalo2008_low

Nesta noite, as ruas dão lugar à folia carnavalesca. É feito o cortejo do galo entre o Jardim José Lemos e a Praça Velha da cidade (junto à Sé). É um espetáculo comunitário, baseado em tradições populares da nossa região como a “Queima do Entrudo” e o “Julgamento, Morte e Testamento do Galo”.

Desfilam centenas de participantes oriundos das coletividades do concelho e também atores, músicos e animadores profissionais (como malabaristas com fogo por exemplo). Ao desfile não faltará também o culpado por todos os males e injustiças acontecidas no ano que passou – o galo! Este será castigado na Praça Velha (junto à Sé)! Ele acabará por arder na fogueira, libertando o povo de todos os males que aconteceram no ano anterior. Mas antes ele terá um julgamento “justo” e terá direito a pedir um último desejo!

Este julgamento é interpretado por atores que interpretam: o juíz, o advogado de acusação, o advogado de defesa, o presidente do júri e a testemunha de defesa. Mas, no final, já se sabe que o galo será condenado e “assado” na fogueira. 

No final da noite, o público costuma ser convidado para uma deliciosa e quentinha Canja de … galo.

Se fores á Praça Velha da Guarda na noite de carnaval, com os teus pais, além de tudo o que te disse antes, podes também ver muita gente mascarada.

Publicado em Datas festivas | Etiquetas , | Publicar um comentário

Carnaval

Para a semana tens uns dias de férias não tens? As férias de Carnaval…carnaval

Sabes o que é o Carnaval?

Comecemos por falar sobre a palavra “Carnaval” acerca da qual existem duas teorias fundamentais quanto à sua origem e significado:

A primeira atribui à palavra  carnaval uma origem religiosa, cujo significado é quase oposto ao da diversão a que associamos hoje em dia.

“Carnaval” teria tido origem no latim “carnevale” (carve + vale = carne + adeus), que seria a designação da “Terça-Feira Gorda”, ou seja, o último dia do calendário cristão em que era permitido comer carne, uma vez que, no dia seguinte, se inicia a Quaresma.

A  segunda teoria é decisiva ao afirmar que a palavra Carnaval vem de Carrus Navalis, onde um carro, transportava uma grande pipa e distribuía vinho ao povo na Roma antiga.

E o Carnaval nos dias de hoje?

O Carnaval é uma festa anual que se celebra de forma diferente em vários países do mundo. Se tentarmos compreender o seu significado podemos aprender muito sobre nós próprios e sobre os outros.

Ao contrário do que possas pensar, é muito mais do que uma altura do ano em que só importam as palhaçadas e as brincadeiras.

E sabes porquê?

Porque constitui uma forma de expressão que está em constante evolução e que nos liga ao nosso passado e nos mostra muito sobre a forma como cada cultura interage com o ambiente que a rodeia.

No nosso país são várias as regiões onde se celebra o Carnaval. A criatividade que assumem os Carnavais dessas regiões são exemplos do modo como elas encaram o espírito carnavalesco, pondo em prática o seu poder crítico para chamar a atenção e relembrar ao povo o que se passa ou passou nessa região.

Carnaval1

Por outro lado, existem países como o Brasil onde, para algumas pessoas, o ano só começo após o carnaval, para outros o carnaval dura o mês todo ou até mesmo o ano inteiro e há pessoas que trabalham todo o ano na construção dos seus carros alegóricos para desfilarem no carnaval. Para a maioria do povo brasileiro o carnaval é um orgulho, a melhor festa do país, uma das coisas mais importantes sobre a sua cultura.

JulgamentoDoGalo2008_low

Na nossa cidade, cidade da Guarda, na noite de carnaval, faz-se o “Julgamento e Morte do Galo do Entrudo”.

Queres saber mais sobre este assunto?

Volta amanhã que eu explico-te🙂

Até amanhã😉

Publicado em Datas festivas | Etiquetas | Publicar um comentário

A lenda da árvore de natal

pinho de natal

Conheces a lenda da árvore de natal? Sabes porque razão a árvore de natal é um pinheiro? Então lê o texto que se segue..

Quando o Menino Jesus nasceu, todas as pessoas, animais e até as árvores sentiram uma imensa alegria.
Do lado de fora do estábulo onde o Menino dormia, estavam três árvores: uma palmeira, uma oliveira, e um pequeno pinheirinho.
Todos os dias as pessoas passavam e deixavam presentes ao Menino Jesus.
– Nós também Lhe devíamos dar prendas! – disseram as árvores.
– Eu vou dar-lhe a minha folha mais larga – disse a palmeira – quando vier o tempo do calor ele pode abanar-se com ela e sentir-se mais fresco.
Então disse a oliveira :
– E eu vou dar-lhe óleo. Perfumados óleos poderão ser feitos a partir do meu sangue.
– Mas que lhe poderei dar eu? – Perguntou ansioso o pequeno pinheiro.
– Tu? Os teus ramos são agudos e picam! – disseram as outras duas árvores.

-Tu não tens nada para lhe dar!
O pequeno pinheiro estava triste. Pensou muito, muito, em qualquer coisa que pudesse oferecer ao Menino Jesus que dormia, qualquer coisa de que o Menino pudesse gostar.
Mas não tinha nada para lhe dar.
Então um anjo, que tinha ouvido a conversa toda , sentiu pena da arvorezinha que não tinha nada para dar ao Menino Jesus.
As estrelas estavam a brilhar no céu. Então o anjo, muito devagarinho, trouxe-as uma a uma cá para baixo, desde a mais pequenina à mais brilhante e colocou – as nos ramos pontiagudos do pinheiro. Dentro do estábulo, o Menino acordou. E olhou para as três árvores do lado de lá da gruta, contra a escuridão do céu. De repente as folhas escuras do pinheiro brilharam, cintilantes, porque nelas as estrelas descansavam.
Que lindo estava o pequeno pinheiro, que não tinha nada a oferecer ao Menino Jesus…
E o Menino Jesus levantou as mãozinhas, tal como fazem os bebés, e sorriu para as estrelas e para aquela árvore que lhe iluminara a escuridão da noite.
E desde então o pinheiro ficou a ser, para todo o sempre, a Árvore de Natal!

Publicado em Datas festivas | Etiquetas , | Publicar um comentário

O dia de Natal

Sabes  que é o natal?

Feliz Natal

O Natal é a data em que comemoramos o nascimento de Jesus Cristo.

Na antiguidade, o Natal era comemorado em várias datas diferentes, pois não se tinha a certeza da data de nascimento de Jesus. Foi apenas no século IV que o 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial de comemoração.

NaRoma Antiga, o 25 de dezembro era a data em que os romanos comemoravam o início do inverno. Portanto, acredita-se que haja uma relação deste facto com a oficialização da comemoração do Natal.

 As antigas comemorações de Natal costumavam durar até 12 dias, pois este foi o tempo que os reis magos demoraram a chegar á cidade de Belém para entregarem os presentes (ouro, incenso e mirra) ao menino Jesus. Por isso é que no dia 6 de janeiro comemoramos o dis dos reis.

Atualmente, as pessoas costumam montar e enfeitar um pinheirinho de natal e outras decorações natalícias, como o presépio, no começo de dezembro e desmontá-las no dia 6 de janeiro, dia de reis.

 Do ponto de vista cronológico o Natal, ou seja, o nascimento do menino Jesus, é uma data muito importante pois marca o ano 1 da nossa história.

 E sabes o que representa o presépio?

Presépio

O presépio representa a mais importante decoração natalícia. E consegues perceber porquê?

Então repara, o presépio demonstra o cenário do nascimento do menino Jesus, ou seja, o menino Jesus, seus pais, uma manjedoura, os animais e os reis Magos.

E sobre o Pai Natal?

Pai Natal

Sobre o pai natal eu não tenho bem a certeza, mas sempre ouvi dizer que ele trabalha para o menino Jesus. Ou seja, o menino Jesus observa e avalia os nossos comportamentos e quando acha que merecemos manda o pai natal trazer-nos o que pedimos, desde que não sejam pedidos muito exagerados.

E tu, concordas? Ou dizem-te algo diferente? Eu gostava de saber o que dizem sobre o pai natal nas outras casas pois, no fundo, o que me contam a mim pode não ser a verdade.. O que achas?

E conheces a lenda da árvore de natal? Sabes porque é um pinheiro?

Se não sabes e queres saber volta amanhã😉

 Até lá

Publicado em Datas festivas | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

O início do inverno

Sabes que dia é hoje?

inverno1

Hoje, dia 21 de dezembro, começou a estação mais fria do ano, que terminará dia 20 de março – o inverno!

Durante esta estação do ano o céu costuma estar mais escuro (cinzento), o vento sopra mais forte, chove bastante e por vezes há trovoadas.

Quando não chove os campos ficam cobertos de geada, bem como em algumas cidades altas de Portugal, onde os passeios e os carros ficam cobertos com uma pequena camada de gelo.

Nas terras mais altas, durante o inverno chega mesmo a cair neve.

Nesta estação do ano vestimos roupas mais quentes, como casacos fortes, camisolas de lã, botas, cachecóis, luvas, gorros e, em casa, ligamos aquecedores e os nossos pais acendem a lareira para estarmos quentinhos. E, como está muito frio, sabe bem comer e beber alimentos quentes, como sopas, leite e chocolate quentinhos. Também devemos comer muitas laranjas e tangerinas que contêm vitamina C que nos ajuda a proteger das gripes.

Durante o inverno, as noites são maiores que os dias e várias aves migram para outros locais, para fugirem ao frio.

E sabes quais são as datas que festejamos durante o inverno?

Durante o inverno festejamos o natal, o ano novo, o dia de reis e o carnaval.

Publicado em O mundo em geral | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

A principal razão da queda das folhas

 

folhas amarelas

Voltando à questão das folhas caírem durante o outono:

O outono é a estação do ano em que os dias têm um menor número de horas de luz solar. E, havendo menos horas de luz solar, o processo de fotossíntese (processo através do qual as plantas, com a luz do sol, água e dióxido de carbono – um gás que, na Natureza, existe no ar, nas nascentes de água e nos vulcões – conseguem produzir açúcares, de que se alimentam) é reduzido e, por isso, a planta tem de poupar as reservas alimentares que juntou durante o tempo em que a fotossíntese era intensa.

Por outro lado, segundo um biólogo chamado Gilberto Kerdauy  “Quando chega o outono e os dias começam a ficar mais curtos, a natureza está a sinalizar às árvores que chegou o momento de modificar algumas das suas características”.

Então, a primeira alteração das plantas é parar de produzir uma substância que se chama clorofila (que é a substância que dá cor verde às folhas) e é bastante importante na produção de energia da planta (durante o processo de que já falámos – a fotossíntese). Com a diminuição desta substância (clorofila), as folhas das árvores tornam-se amareladas ou avermelhadas.

Então, a planta começa a produzir uma outra substância que se vai juntar na base do caule das folhas, e vai fazer com que este se parta e a folha caia, sem precisar de continuar a ser alimentada pela árvore.

Assim a árvore já poderá poupar energia.

Publicado em Árvores | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Finalização e explicação da experiência

Após manter os copos 2 dias nos seus lugares (um na janela da cozinha e outro no congelador) finalizei a experiência.

Quando retirei o copo que estava no congelador, analisei através do tato (ou seja, com as minhas mãos), a diferença entre os dois copos. E percebi que o copo que retirei do congelador estava mais duro do que o outro copo.

E sabes porquê? Porque a terra estava gelada!

Depois, coloquei ambos os copos em cima de dois guardanapos (um copo em cima de cada guardanapo) como podes ver na figura de baixo:

copos legendados

Ou seja, do lado esquerdo o copo que coloquei no congelador e, do lado direito, o copo que deixei na janela da cozinha.

Primeiro fiz marcas em ambos os guardanapos, com uma caneta de feltro, e só depois deitei a água nos dois copos, ao mesmo tempo, utilizando ambas as mãos.

congelador e janela

Foi então que fiquei a observar…

E reparei que o guardanapo do copo que tinha a terra à temperatura ambiente (do copo que ficou na janela) ficou molhado mais depressa do que o outro guardanapo.

Ou seja, a água passou mais depressa através da terra à temperatura ambiente do que através da terra gelada.

E sabes em que é que esta experiência está relacionada com as plantas e com o facto das folhas caírem das árvores?

Está relacionada com a questão da diferença de temperatura pois, quando a terra fica mais fria, é mais difícil para as plantas conseguirem sugar (“chupar”/ “beber”) a água de que necessitam.

Portanto, como é mais difícil as plantas irem “buscar” água à terra, as suas folhas “envelhecem” (mudam de cor) e por isso, caem das árvores.

Então, esta é uma das razões que explica o facto das plantas terem dificuldade em ir buscar água à terra, no outono, apesar de chover durante esta estação do ano.

 Mas, a principal razão das folhas caírem das árvores recai sobre o segundo aspeto que referi no post anterior, ou seja, com a redução da luz solar. Falarei um pouco mais acerca deste aspeto no próximo post.

Até lá

Publicado em Árvores | Etiquetas , , , | Publicar um comentário